segunda-feira, outubro 24, 2005

 
Pois é, mais uns dias se passaram! Este fim de semana fomos visitar umas paróquias, nomeadamente A-dos-francos, Casais da Bica, Santa Suzana, e mil outros lugares!Fomos apender um bocado na prática o que é a vida de um prior....e é uma estafadeira! Não imaginam, sempre a correr de um lado para outro, o fim de semana com mil missas umas a seguir as outras...tudo em sítios longe uns dos outros!
Tivémos em grupos de catequese e nuns grupos de preparação para receber a Cruz da Missão, que vai lá passar para a semana! Foi muito engraçado, ainda nos fartamos de rir com pessoas que eram verdadeiras personagens de filmes!!!Não vou tar aqui a contar porque este site não é para gozar com as pessoas (só posso gozar comigo próprio!)

Fomos também dar a comunhã a uns lares e tivemos com doentes...foi bom!

Por aqui tudo na mesma, continuo a dormir praí 4 horas por noite, não sei porquê, mas ainda não morri!(Nem faltei às Laudes, que era pior!)

Amanhã saio à rua!!! Vamos à Sé, é o aniversário da dedicação, com o Cardeal Patriarca, às 21h30!! Vou ou para o coro ou acolitar!My God, que nervos!!

E na Quinta há a Missa das Universidades, em São Vicente de Fora, às 19h! Lá vamos à paisana, que bom!!

Bom, este seminário chama-se Seminário de São José, por isso tem imensas estátuas e coisas de São José!Vou mostrando algumas!

Image hosted by Photobucket.com

Image hosted by Photobucket.com

Image hosted by Photobucket.com

Agora me vou que já é tarde!!
Bjs e abrçs e espero ver-vos na Sé ou em São Vicente de Fora!!

quinta-feira, outubro 20, 2005

 

Liturgia na Idade Moderna

Perante esta situação na Idade Média vai haver uma revolta contra a Igreja, protagonizada por Calvino e também Lutero. É a Reforma. (Há imenso a dizer sobre este assunto, talvez no futuro!Vou-me manter fiel ao tema por agora!) Vão pôr em causa a teologia dos sacramentos e também o estado em que estava a Liturgia. Em resposta, a Igreja Católica vai iniciar a Contra-Reforma. Reúne-se no Concílio de Trento (séc XVI). Não é um Concílio tanto para mudar de rumo, mas mais para olhar para si própria.
Basicamente vai reafirmar a doutrina que defende e não chegou a promover a reforma litúrgica que se esperava, delegando essa tarefa para o Papa – que acabou por não a executar. Manteve-se o latim como língua usada nas celebrações. Promoveu uma “liturgia faustosa” – a polifonia e as orquestras nas celebrações – o que tornava o canto como embelezamento na liturgia, e não oração. Dada muito maior importância ao Santíssimo Sacramento. Proliferam as Procissões do Corpo de Deus. De tal ponto é grande a devoção ao Santíssimo que em muitas igrejas o trono (onde se expõe o Santíssimo Sacramento) estava por cima do altar, e era-lhe dado muito mais atenção e proeminência do que o próprio altar!

Surge também um grande movimento de espiritualidade, a Devotio Moderna, que acentua o carácter intimista da fé. Oração e devoção pessoal. Esbate a oração comunitária. É uma relação com Deus que prescinde da comunidade de crentes.
Realça também a indignidade do homem, mas de maneira errada. É uma espiritualidade que acentua o homem pecador, que se deve penitenciar, sendo também na maior parte das vezes indigno de comungar. Afastou muitos da comunhão! Claro que o homem é indigno no sentido de ser pecador, que volta e volta a cair, mas a verdadeira fé é aceitar a Divina Misericórdia! Termos a consciência que Deus tudo perdoa, desde que haja verdadeiro arrependimento.
(Curiosidade – quando lemos naqueles livrinhos que se deve comungar pelo menos uma vez por ano é por causa desta mentalidade. Assim a Igreja “obrigava” o crente a comungar, a aproximar-se de Deus.

 

Liturgia na Idade Média

*Na Idade Média a Liturgia vai-se clericalizar. É cada vez mais propriedade do Clero.Tudo se passa no altar. Há, por isso, um progressivo afastamento por parte do povo de Deus da celebração. A maneira do povo participar era estar calado e assitir. A Liturgia continua a ser celebrada em Latim, língua que já não se falava! O povo fica assim entregue às suas devoções. Cada um recorre aos seus santinhos e actozinhos de piedade particulares. Surgem muitas confrarias, ordens terceiras...Cada um adopta o seu santo protector. É tudo de criação laical, já que o povo estava "abandonado" a si próprio na sua espiritualidade.

Perde-se na Idade Média a concelebração. Daí resultam as Igrejas com vários altares. Acontecia muitas vezes haver na mesma igreja 3 ou mais missas em simultâneo! Era típico as pessoas chegarem à hora que quisessem e irem para a missa que estava mais no princípio, depois, quando acabavam, saltavam para outra que tivesse na parte que tinham faltado, para "acabar" a missa! Mal estivesse completa iam-se embora!O que interessava era "ter" a missa toda!

quarta-feira, outubro 19, 2005

 

Liturgia na Era Apostólica

A Liturgia é sempre um momento orante de uma comunidade - não é um acto privado. É a celebração do mistério de Cristo por uma comunidade e hierarquicamente presidida.
Mesmo que estejamos a rezar sozinhos - no caso da Liturgia das Horas (Laudes, Vésperas...) - não é um acto particular, porque estamos a rezar com toda a igreja.

Liturgia na era apostólica e nos seis primeiros séculos:

A liturgia era a grande fonte de espiritualidade da Igreja. Para os cristãos dos primeiros séculos, a grande manifestação da sua vida orante e da sua expressão do Evangelho era buscada, alimentada na liturgia - principalmente a Eucaristia.

Para os primeiros cristãos a liturgia é uma fonte de santificação. Cada sacramento celebrado era mesmo vivido como acção de Cristo em nós. Acções que nos dão a força redentora da cruz de Cristo.

Há alguns elementos tipicamente novos no Cristianismo, que se vão separar da noção hebraica de culto.

*Templo - Todas as religiões têm um templo. É o lugar de reunião de crentes e lugar de encontro, presença de Deus. Local de súplica. A noção de templo muda completamente. A partir de Cristo o verdadeiro templo já não é o espaço físico mas o corpo de Cristo, o Seu corpo Místico, glorioso. Há uma espiritualização da noção de templo - Cristo é a cabeça e nós os membros, pelo baptismo.

*Sacrifício - Sacrificavam-se animais, produtos da terra, ou seja, imolação. Sacrifício de algo exterior a mim. Podia ser meu, mas não era eu.
Com Jesus Cristo acontece o oposto. Jesus não oferece nada em Seu nome, oferece-Se a Si próprio na cruz. Muda a noção de sacrifício. Para o cristão, o sacrifício é só um, o verdadeiro, o de Cristo - para redenção do mundo.
Todos os nossos sacrifícios são-no na medida em que estão unidos ao de Cristo. A Igreja não tem outra coisa para oferecer a Deus senão o sacrifício redentor do seu Filho, o único e eterno sacrifício, aquele que agradou a Deus-Pai.

*Altar – Todas as religiões têm o altar do sacrifício. Para os cristãos, já não é o altar de pedra, não o de sacrifício cruento dos animais e produtos da terra, o altar é a Cruz do Senhor. É o coração de cada crente. O lugar onde cada um se oferece ao Pai, unido a Cristo.
A própria celebração da Eucaristia surgiu no contexto da refeição – o Altar é a mesa da Ceia.

Por isto é que nos primeiros tempos os cristãos eram chamados de ateus – não tinham altar, nem templo, nem sacrifício!

A Igreja nascente tem assim uma consciência muito íntima que a sua liturgia é a celebração do mistério pascal de Cristo.

segunda-feira, outubro 17, 2005

 

Liturgia

Liturgia - do grego lit + erguem.Lit vem de Laos, Povo. Erguem quer dizer fazer, criar, produzir. Quer dizer então uma acção em favor do povo.

Era uma palavra que já existia na linguagem profana em grego e foi adaptada pela Igreja aquando da Tradução dos LXX (quando a Sagrada Escritura é traduzida do Hebraico para o Grego). Na linguagem profana havia liturgias cíclicas ou extraordinárias. Cíclicas eram, por exemplo, os Jogos Olímpicos - eram acções em favor do povo que aconteciam de tempos a tempos. Liturgias extraordinárias - quando havia uma guerra e duas ou três das famílias mais poderosas se uniam para defender a cidade- eram acontecimentos pontuais.

O termo liturgia utilizado na religião designa então uma acção a favor do povo, dirigida a Deus e levada a cabo por homens para tal designados e segundo um ritual próprio pré-estabelecido. Começa a ser um termo técnico.

Agora tenho de ir almoçar, depois vou contar resumidamente a evolução da Liturgia ao longo destes dois milénios!
Não percam o próximo episódio porque nós...também não!!
Bjs e abrçs

 

Sal

Ah, esqueci-me de contar!Pregaram-me uma partida no outro dia ao almoço!
Vocês que já me conhecem sabem que eu ponho um bocadinho mais de sal na comida, mas aqui ficam todos chocados com a quantidade, e tão sempre a ralhar comigo pa não pôr tanto sal! No outro dia tava eu a pôr sal na sopa e aquilo não tava a dar nada...pus e pus....la comi a sopa!Depois no arroz a mesmo coisa e já tava a achar muito estranho... Depois de ter despejado meio saleiro lá resolvi provar o sal...era açucar!!!!!!!!Bastards!!!!
Mas fui bem apanhado!
MAs eles que esperem.... vingança serve-se....salgada!MUHAHAHAHA!!

 

Já tão com saudades?

Pois é, minguém diria, mas esta vida de seminarista não me tem dado tempo para cá vir contar coisas!
Tudo se passa normalmente, finalmente chegou a chuva e o tempo fresco!A minha ventoinha agora já pode descansar! Entretanto esta semana tou no coro!!!!É verdade, quem diria?Eu não!
E ontem fomos a missa à Sé e cantámos no coro, eu incluído! Ele há coisas que são surpreendentes!Só de pensar que há uns meses nunca tinha posto os pés na Sé (eu sei que é uma vergonha!) e agora já lá canto que nem um rouxinol!(ou não!)

Por este andar qualquer dia vou pá orquestra sinfónicada Gulbenkien!

de resto as obras continuam cá em casa, ainda vou mudar mais uma vez de quarto!Aqui vão uma tentativa de fotografias da vista que tenho sobre Estoril, Murtal, er...mar...nao faço ideia que terras são!

Image hosted by Photobucket.com

e a continuação para a direita...

Image hosted by Photobucket.com


Hoje não tivémos aula de liturgia, ou seja, furo a manhã inteira!eheheh
Mas tivémos de tar amudar os móveis de imensos quartos portanto preferia ter tido Liturga, aprende-se coisas giríssimas! Aliás, vou escrever aqui coisas que vou aprendendo, acho que vale a pena ir "ensinando" alguma coisas que são muito úteis e interessantes e também engraçadas!

quinta-feira, outubro 06, 2005

 

Barítono/Baixo!

Olááá!
Pois é, começo agora a aperceber-me que não posso vir com tanta regularidade aqui, tenho muitos trabalhos para fazer e o computador é uma tentação! Peço desde já desculpa, mas venho cá deixando coisas sempre que posso!
Tenho adorado todos os comments, de amigos, tia(!!), primos e afins! Continuem o bom trabalho!!

Estes dias passaram-se muito rápido! No feriado tive imenso que fazer, levantar cedinho como sempre, e mudei de quarto! O Seminário está em obras, por isso temos de mudar de quarto duas vezes até ao nosso quarto final!Passei do Rés-do-Chão para o 2o andar!Mto bom, com vista pó mar lá ao fundo!Mas tivemos que acartar com tudo, camas e secretárias incluídas!

Quero dar os parabéns ao Zé Luís que faz anos!! Força aí caro amigo!Lembro-me de ti todos os dias! Quanto mais não seja por te mandar a msg do Angelus!!

Vejam só o saco da minha roupa suja!Também é muito bom não é?? E a bela da toalha de banho?
Muito nicee!!

Image hosted by Photobucket.com

Image hosted by Photobucket.com

Adoro estes meus conjuntos, e estou desejoso de mudar para o último quarto, para poder pendurar coisas na parede, fotografias, o poster do Papa de Roma.... Depois ei-de tirar fotografias!

Por agora fiquem com uma 'foto' de onde almoçamos, tive uma bela surpresa esta semana quando vi estas toalhas com essa bela cor, o laranja!!

Image hosted by Photobucket.com


Entretanto acabei de ter agora a primeira aula de canto coral, desta vez o professor não faltou!!
Tive de cantar umas notas de ouvido pelo orgão, foi muito sinistro!Que vergonha! Mas até acho que não desfainei muito!! E descobri que sou barítono/baixo! Das vozes mais baixas daqui! Uau!eheheh


Só pra avisar os interessados que este fim de semana vou a casa! O programa das festas consta em ir à missa ao Rodízio no Sábado(tudo lááá!), janto por casa lá no Banzão e depois sigo para Lisboa!à noite temos de fazer qualquer coisa, ou em minha casaou noutro sítio (claro que não vou sair!)
Espero ver-vos!

Muitos beijinhos e abraços, vou lanchar!

Seminarista 16!

sábado, outubro 01, 2005

 
Olá amigos!
Pois é, cá estamos nós de fim de semana, dois dias em que não se faz nada....MENTIRA!Faz-se, e não é pouco! O despertar é às 7.30, seguido de Missa/Laudes às 8.00!
Depois do pequeno almoço tivémos aula de canto....(1ª ameaça à vocação!!) Às 11.30...ginástica!!!!(2ª e mais forte ameaça à vocação!!!) Foi de se morrer, realemte o professor é muuuito exigente...já não tinha ginástica há dois anos, o que para mim significa não fazer qualquer tipo de exercício há dois anos!!Foi bastante desagradável! Acabou a tortura pelas 12.30, banhinho e almoço às 13.15!
A tarde depois foi livre, até as 19.0, hora em que rezámos o terço e Vésperas! Queria ter ido à praia, mas tinha coisas pa fazer (por acaso para as Equipas......) que me roubaram o tempo!
Jantar como sempre às 20.00 e agora tamos por aqui na molenguice!

Amanhã acordamos tardíssimo!! 8.00...... Laudes como sempre (para quem não sabe Laudes são a oração da manhã, que a Igreja reza igual em todo o mundo! São salmos, uma leitura, um hino, oração dos fiéis e Pai-Nosso, mais ou menos...é diferente mas depois entramos na onda e é muito bonito!)
Amanhã às 16.00 vamos à tomada de Posse do novo Pároco de Queluz e às 18.30 estamos de volta, com Exposição do Santíssimo e Vésperas (oração da tarde, mesmo esquema que a Laudes!)!

Pronto, agora vou ler um bocadinho, e ver se tiro mais umas fotografias para pôr aqui!
Vão mandando cartas!
A morada é:
Seminário Patriarcal de São José de Caparide
Quinta da Ribeira de Caparide
2785-710 São Domingos de Rana

Querem que vos mande cartas? Escrevam a vossa morada e esperem uns dias!
Beijinhos e abraços!
Seminarista 16

This page is powered by Blogger. Isn't yours?